sábado, 15 de dezembro de 2012

Bairro Escola Rio Vermelho



No Facebook:
http://www.facebook.com/BairroEscolaRV

Bairro-escola em excelente ação no Rio Vermelho
http://blogdoriovermelho.blogspot.com.br/2012/12/bairro-escola-em-excelente-acao-no-rio.html

Projeto promete transformar bairro Rio Vermelho em 'escola a céu aberto'
http://g1.globo.com/bahia/noticia/2012/12/projeto-promete-transformar-o-bairro-rio-vermelho-em-escola-ceu-aberto.html

Programa Bairro Escola Rio Vermelho será lançado neste sábado
http://www.ibahia.com/detalhe/noticia/programa-bairro-escola-rio-vermelho-sera-lancado-neste-sabado/

Lançamento de programa que visa a integração entre escolas do Bairro e atores sociais será no dia 15 de dezembro às 16h
http://blogdoriovermelho.blogspot.com.br/2012/12/lancamento-de-programa-que-visa.html

Notícias do bairro-escola Rio Vermelho
http://blogdoriovermelho.blogspot.com.br/2012/11/noticias-do-bairro-escola-rio-vermelho.html

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

LEITURAS MUSICADAS SEXTA NO PALACETE DAS ARTES



SEXTA ( 30 ) PALACETE DAS ARTES APRESENTA TEXTO
DE NELSON RODRIGUES NAS LEITURAS MUSICADAS



No dia 30 de novembro às 20h o Palacete das Artes promove o projeto de teatro " Leituras Musicadas ' encenada pelo grupo "As 3 Marias` que apresenta a adaptação da peça de Nelson Rodrigues " Boca de Ouro , na leitura do trecho bem  conhecido do público como " Boca de  Zero Nove". Esse projeto foi apresentado durante todo o ano, uma vez por mês, em homenagem aos 100 anos do dramaturgo Nelson Rodrigues. A diretora desse espetaculo é Meran Vargens, e a adaptação  dramatúrgica de Thais Alves, que assina o projeto com  Ana Cartaxo e Mariana Freire.
A entrada é gratuíta.


sábado, 3 de novembro de 2012

Apagão Cultural na Bahia

(Por Claudio Marques) Depois do Panorama, voltando à dura realidade..... Ontem, dia 02/11, a Globo deu início às filmagens de uma mini-série aqui na Praça Castro Alves. Todo e qualquer acesso à Praça foi fechado. As avenidas Sete e Carlos Gomes, fechadas. A Ladeira da Montanha, fechada. Teremos mais cinco dias assim, nas próximas semanas. Sempre aos sábados e domingos. Para revitalizar, é necessário organização e planejamento. Somente assim teremos atividades cotidianas solidamente estabelecidas no Centro Histórico. Passei os últimos quatro anos em gabinetes, visitando secretários, superintendentes, tentando sensibilizar políticos e técnicos quanto à impossibilidade de atrair novos empresários e artistas para a área diante dessa bagunça. Em 2012, já foram autorizados 32 shows, comícios e eventos religiosos diversos. O que fazer? A região deve estar vazia para que os shows aconteçam livremente? Ou devemos ter equipamentos culturais funcionando plenamente no entorno durante todo o ano?"


sábado, 6 de outubro de 2012

O Quinto Criador: O Público {Divulgação}

Olá pessoas,

de 15 à 23 de outubro (segundas e terças) acontece no Cabaré dos Novos do Teatro Vila Velha o projeto O Quinto Criador: o Público. O objetivo principal do projeto é destacar o público como o quinto criador da cena. Além dos atores,  dramaturgos, diretores e técnicos, o público fará parte do processo criativo em cada apresentação.  O projeto é independente e tem parceria com o projeto O Que Cabe Neste Palco do Teatro Vila Velha. A idealizadora é Cristiane Barreto (diretora, dramaturga e professora de Teatro) que formou um núcleo criativo de produção no qual, a cada apresentação, o público, sendo o quinto criador, juntamente com os atores e diretores criará cenas diferentes a partir das temáticas propostas pelos dramaturgos. Para tanto, artistas da criação cênica foram convidados para formarem o núcleo criativo de produção como atores fixos, dramaturgos, diretores e os técnicos fixos (iluminação, cenógrafo, figurinista, maquiador,  Dj,  fotógrafo e operador de câmera/vídeo). Para entender melhor como funciona o projeto acesse o blog oquintocriadoropublico.blogspot.com.br

Participe dessa experiência de criação! E divulguem!

O quê: O Quinto Criador: o Público
Quando: 15 à 23 de outubro (segundas e terças), 20 horas
Onde: Cabaré dos Novos, Teatro Vila Velha
Quanto: R$20 e R$10
Mais informações: http://oquintocriadoropublico.blogspot.com.br




sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Chorinho no D'Venetta - Domingo (23) as 13h30


Chorinho no Espaço D'venetta Domingo (23/09) com Ivan Sacerdote na clarineta, Daniel Gomes Neto no acordeon, Mario Soares no violino, Uru Pereira no fagote, Felipe Guedes na guitarra. Participação especial: Léo Jesus na percussão.

Entrada R$10. 

O D'Venetta fica no Bairro do Santo Antônio, próximo a ladeira do Boqueirão.

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Noite Instrumental Com: Hessel (BA) Tentrio (BA) Camarones Orquestra Guitarrística (RN) DJ Bigbross Dj Bruno Aziz no Visca Sabor & Arte 14/07(sábado), às 22h





Noite Instrumental

Com:
Hessel (BA)
Tentrio (BA)
Camarones Orquestra Guitarrística (RN)

DJ Bigbross
Dj Bruno Aziz

Local: Visca Sabor & Arte (Rua Guedes Cabral, 123, Rio Vermelho - Em frente à Paroquia de Sant´Ana)
Quando: 14/07/2012 (sábado), às 22h
Quanto: R$ 15,00 (Homem) / R$ 10,00 (Mulher)

Para conhecer melhor as bandas:

Tentrio
http://tentrio.blogspot.com/

Hessel
http://www.myspace.com/hesselrock

Camarones Orquestra Guitarrística (Natal)
www.camarones.com.br

WarmUP na Praia dos Livros Salvador, sexta-feira


ObservaçãoPratoPessoas QueridasPratoObservação

A Praia dos Livros Salvador oferece alimento aos com fome e sede de absoluto...

WarmUP - Amanhã, Sexta-feira, a apresentação musical é da  banda Theatro Seraphin,  e como não poderia deixar de ser, Raul Moreira servirá, entre um papo e outro, suas deliciosas massas ao molho Pesto, Pomodoro ou Abobrinha. Não deixem de ler o texto/convite do próprio, ao final deste.

Vinhos, Wisk (red label), cerveja gelada, cachaça, suco de uva orgânico, chás e refrigerantes fazem parte do cardápio de bebidinhas.

O acervo de LIVROS, cd's, dvd's  e discos de vinil, sempre c/ novidades e preços especiais, aguarda novos tutores. 


Horário: das 19.h ás 23:30h
entrada: R$ 10,00

Praia dos Livros SALVADOR
Venda e compra de livros, cd's, dvd's e vinil
Avaliamos com hora marcada
Largo do Porto da Barra (ao lado do Instituto Mauá)
Tel (71) 3015-0093
De segunda á sábado das 10.h ás 20.h (horário oficial)
Fazemos locação do espaço...
Eventos: consulte nossa agenda.
+ dois endereços em São Paulo: Paraíso e Santa Cruz.


Caras e caros,


O que vou expor-lhes agora é um sentimento que tomou conta de mim e da maioria da gente com a qual sou obrigado a compartilhar a minha existência, no bem e no mal: o total asco e descrença em Jaques Wagner, governador da Bahia.

Cá, por pura antipatia, vou nominá-lo de Cabelos Prateados, sujeito em quem, há seis anos, depositamos as nossas esperanças de vê-lo como um digno interlocutor entre o Estado e a sociedade civil. No entanto, para nosso azar, o tal mostrou-se incapaz de ordenar de forma minimamente eficaz o timão da decadente Bahia.

Pior: por conta de seus equívocos e de uma arrogância típica de quem acredita ser o que não é, nos pôs numa sinuca de bico, pois, a falência de seu projeto de governo acabou nutrindo e dando forças às velhas facções travestidas de novas, ainda que nada seja comparado ao estrago mais óbvio: ao equiparar-se às velhas oligarquias e oligarcas, não apenas nos métodos, mas, também, no personalismo doentio que desenvolveu, nos deixou sem pai e nem mãe, perdidos na pior das amarguras: a falta de esperança.

E o resultado de tal descrença, sintomaticamente, se reflete em algo que vem sendo cantado em verso e prosa por muitos, independentemente das questões de classe: "Nunca fomos tão pobres, tão miseráveis, tão medíocres: a Bahia nunca foi tão feia assim, tão indigente!".

Vale salientar que a nossa falência não reflete a derrocada dos governos de centro-esquerda, não. Tanto que, se formos observar os nossos primos mais acima no mapa, como Pernambuco e Ceará, é impossível não perceber que situação por lá melhorou a olhos vistos, pois naquelas bandas a miséria não dói tanto, pois há dignidade na expressão da gente.

Sim, Cabelos Preteados, entrincheirado em seu castelo de cartas, alimenta um populismo barato em stops de trinta segundos, pratica uma política de alianças desconfiáveis, fecha de olhos para a corrupção e o descalabro em "suas" secretarias aparelhadas e, pior, nos tortura em suas entrevistas com uma palavreado vulgar do tipo "eu fiz seis "ponte", dois hospitais e dez "estrada", sem o charme e a volúpia de Lula.

E o resultado está aí: vaias e descrédito para Cabelos Prateados. No entanto, o pior é a sensação de que somos passageiros de um navio sem capitão e que enfrenta uma tormenta terrível, capaz de nos levar de vez ao abismo. Diante da situação, juro, queria deixar de ser um rato, como sempre fomos, não? Ou você tem a fantasia de que não alimentamos os descalabros e as fantasias de Cabelos Prateados e de seus antecessores?

Há esperança? No caso da Bahia não sei. No entanto, caso você queira discutir a questão, apareça na sexta-feira, na Praia dos Livros, onde servirmos nossas massas a partir das 19h, com possibilidade de que os nossos esqueletos sejam esticados à base de música dançante.

Portanto, na fantasia de um mundo melhor os espero de braços abertos....


Raul Moreira


reservas 3015009